MILL Grupo - Estudo de caso

A empresa MILL Grupo é obra do audaz Raul Alberto MILLan, alguém que aprendi a respeitar. Trabalhei com ele por 13 anos, pena que não foi mais. Logo que sai da WKN até 2015 quando ele retornou para o Paraguai. Eventualmente ele me visita nas poucas viagens que faz ao Brasil, continuamos em contato mesmo com a distância.

Trabalhando para o Raul pude dar asas à minha imaginação, fizemos muitos projetos juntos e criamos uma amizade sem igual. Conquistamos um bom patrimônio e vivemos muito bem.

Viajamos o Brasil inteiro participando dos muitos eventos da BrazTOA e chegamos, em 2007, ao auge do guia de hotelaria OndeHospedar. O site era um importante instrumento do trade turístico e éramos tratados como celebridades. Até em reuniões no Google em São Paulo eu fui convidado. 

O Raul é, para mim, o maior mestre em empreendedorismo. Tinha participação em dezenas de empresas, das mais distintas. Até para o Silvio Santos ele fazia alguns serviços. A empresa cresceu, cresceu e cresceu. Chegamos a ter 32 funcionários em 2010, festa todo fechamento de mês por atingimento de meta e tudo mais.

Mas desde 2009 estávamos com um problema crônico no turismo brasileiro, a crise financeira mundial de 2008 começava a afetar muito a entrada de turistas no Brasil. Entre 2009 e 2014 o governo do PT do lula e da dilma deixava o dólar muito barato e o Real muito caro facilitando as importações e destruindo a indústria nacional, a situação ficou insustentável em pouco tempo, a conjuntura nos forçou a demitir todos os funcionários, graças a Deus tivemos condições de pagar todas as rescisões trabalhistas e fechamos a empresa no começo de 2016.  O Raul resolveu migrar seus negócios para o Paraguai onde o imposto é menor e a mão de obra mais barata. Eu apoiei a mudança mesmo que isso me prejudicasse. A saída do Raul realmente me prejudicou, mas lhe sou grato pelo tempo que ele esteve comigo.

Nestes mais de 13 anos que eu e o Raul estivemos trabalhando junto cresci em todos os aspectos. O amadurecimento me mostrou que eu estava certo em ter minha vida pautada pela retidão e ética.